Discípulo de Cristo – 4ª Condição

Produzir frutos

Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos.

João 15:8

frutosTodo discípulo de Cristo é um ramo da videira que deve dar fruto. Jesus é a videira, é o ramo que deve sempre permanecer na videira para dar frutos, pois os ramos que não permanecem na videira são jogados fora e secam.

Uma videira tem como função produzir frutos. Jesus nos exorta a produzir muitos frutos, mas quais são os frutos devemos produzir?

Justiça:  Hebreus 1:11

Boas obras:  Colossenses 1:10

Partilhar com os mais necessitados: Romanos 15:28

Louvar a Deus: Hebreus 13:15

Ganhar almas: Provérbios 11:30, João 4:36, Romanos 1:13

Mas para que uma videira produza bons frutos e frutos em abundância é necessário a poda de tudo o que possa desviar a força vital da produção. A poda é dolorosa, mas necessária porque muitas coisas sugam nossa força e nos impedem ter uma boa produção. Mas também para que haja produção de fruto é necessário que o ramo permaneça na videira (Jo 15:4). Se este ramo não permanecer na videira, o próprio ramo murcha e morre.

Certa vez Jesus estava indo para Jerusalém e teve fome. Ele olhou para uma figueira e viu muitas folhas. Ele foi procurar fruto e não achou. Aquela figueira anunciava fruto, mas não tinha fruto. Então, Jesus a fez secar. Ela nunca mais produziu fruto.

Fruto é o que o Senhor espera de nós e não folhas. Ele não se contenta com a aparência, mas com o fruto.

André Ricardo Bernini

Leia também:

1ª Condição: Deus em primeiro lugar

2ª Condição: Permanecer na palavra de Deus

3ª Condição: Amar uns aos outros

Anúncios

Diálogo no ventre

gêmeos_placentaNo ventre de uma mãe havia dois bebês. Um perguntou ao outro:
“Você acredita em vida após o parto?”
O outro respondeu: “É claro. Tem que haver algo após o parto. Talvez nós estejamos aqui para nos preparar para o que virá mais tarde.”
“Bobagem”, disse o primeiro. “Que tipo de vida seria esta?”
O segundo disse: “Eu não sei, mas haverá mais luz do que aqui. Talvez nós poderemos andar com as nossas próprias pernas e comer com nossas bocas. Talvez teremos outros sentidos que não podemos entender agora.”
O primeiro retrucou: “Isto é um absurdo. O cordão umbilical nos fornece nutrição e tudo o mais de que precisamos.O cordão umbilical é muito curto. A vida após o parto está fora de cogitação.”
O segundo insistiu: “Bem, eu acho que há alguma coisa e talvez seja diferente do que é aqui. Talvez a gente não vá mais precisar deste tubo físico.”
O primeiro contestou: “Bobagem, e além disso, se há realmente vida após o parto, então, por que ninguém jamais voltou de lá?”
“Bem, eu não sei,” disse o segundo, “mas certamente vamos encontrar a Mamãe e ela vai cuidar de nós.”
O primeiro respondeu: ” Mamãe, você realmente acredita em Mamãe? Isto é ridículo. Se a Mamãe existe, então, onde ela está agora?”
O segundo disse: “Ela está ao nosso redor. Estamos cercados por ela. Nós somos dela. É nela que vivemos. Sem ela este mundo não seria e não poderia existir.”
Disse o primeiro:” Bem, eu não posso vê-la, então, é lógico que ela não existe.”
Ao que o segundo respondeu: “Às vezes, quando você está em silêncio, se você se concentrar e realmente ouvir, você poderá perceber a presença dela e ouvir sua voz amorosa”.

Este foi o modo pelo qual um escritor húngaro explicou a existência de Deus.

Não por sabedoria, mas pelo poder de Deus!

Por Pastor Paschoal Piragine Jr

TR_12_7_14Jesus causou uma transformação na vida de Paulo, que passou de perseguidor da Igreja a mártir da fé. Por isso, vamos tentar aprender com ele as lições que suas marcas de transformação têm a nos ensinar.

Quando Deus nos transforma, as pessoas precisam de tempo e de atitudes nossas para que creiam em nossa transformação. No início de sua jornada como uma pessoa transformada por Cristo, Paulo sempre foi visto como um perseguidor dos cristãos, pois até Ananias e os apóstolos tiveram dificuldade em crer. Todas as pessoas que conhecem alguém que foi transformado por Jesus precisam de tempo para que possam confiar nele. Para que possam esquecer o velho homem necessitam que novas atitudes mostrem a maturidade espiritual em sua vida.

Nossas maiores virtudes podem se tornar em nossos maiores defeitos. Precisamos aprender com Paulo que ousadia, foco na missão sem o tempero da graça e do amor de Jesus se tornam em obstáculos à missão. Tornaram-se como tratores que ao construírem algo, deixam a sua marca de destruição por onde passaram. Agora com o tempero da graça, essa mudança aparece naturalmente.

Com o passar do tempo, Paulo foi compreendendo que a força de convencimento de suas mensagens não vinha de seu conhecimento humano, mas por meio do poder de Deus que se manifestava poderosamente no coração das pessoas. Ele entendeu que precisava da visão de Deus, e suas ações deveriam ser condizentes com o conhecimento da Palavra e do enchimento, da ousadia e do poder do Espírito Santo.

Quando você esta focado na missão dada por Deus, o inimigo do Senhor tentará entulhar a sua vida com tantas coisas para que perca o foco da sua real missão. Nesta hora, você tem que aprender a dizer não ou até a rever as suas reais motivações. Se perder o foco certamente perderá o impacto e o alcance projetado por Deus.


Leituras do dia:

1 Coríntios 2:1-5
1Eu mesmo, irmãos, quando estive entre vocês, não fui com discurso eloquente nem com muita sabedoria para proclamar o mistério de Deus. 2Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este crucificado. 3E foi com fraqueza, temor e com muito tremor que estive entre vocês. 4Minha mensagem e minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria, mas em demonstração do poder do Espírito, 5para que a fé que vocês têm não se baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus.
2 Timóteo 4:5
5Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério.
Filipenses 1:20
20Aguardo ansiosamente e espero que em nada serei envergonhado. Ao contrário, com toda a determinação de sempre, também agora Cristo será engrandecido em meu corpo, quer pela vida, quer pela morte;

Assista o vídeo:

IMPACTANDO UMA GERAÇÃO – Plano de leitura elaborado por:
Pastor Paschoal Piragine Jr – Primeira Igreja Batista de Curitiba

Cheio de amor pelas pessoas

Por Pastor Paschoal Piragine Jr

libertacaomaos1Mesmo durante sua execução, Estevão orou por aqueles que o feriam. Então, a Palavra de Deus nos mostra como nos mantermos vivos na fé, crentes no Senhor, apesar dos sofrimentos e/ou problemas que podemos estar passando.

Se eu não conseguir amar a Deus incondicionalmente, não conseguirei amar ao meu próximo da mesma maneira. Muitas vezes temos a dúvida se DEUS nos ama de verdade, aparecendo muitas perguntas sobre isto, às vezes fica difícil amar a Deus, pois ficamos decepcionados por problemas ou situações que passamos.

Em algumas situações, é difícil admitirmos que estamos magoados com Deus, fingindo que está tudo bem, mas não está. Ao mesmo tempo em que vemos as coisas grandiosas de Deus, ficamos sem vontade de estar com o Senhor. Todo o sofrimento que nós passamos, entra com um propósito para a nossa salvação eterna. Tudo faz parte de um grande projeto de Deus nesta vida.

Devemos entender e seguir o exemplo do coração de Estevão, conforme comparamos com outros versículos na palavra de Deus. O desafio é buscar o entendimento que Estevão tinha. A primeira resposta que vou encontrar é “CREIA no Todo Poderoso, no amor dEle, nos propósitos dEle”.

Apesar das tribulações, teremos a graça premiadora, os galardões que receberemos serão para toda a eternidade. Hoje, o Senhor nos convida a amá-lo sobre todas as coisas, com todo o seu entendimento, com todo o seu ser. Simplesmente porque Ele é Deus.


Leituras do dia:

Atos 7:60
Então caiu de joelhos e bradou: “Senhor, não os consideres culpados deste pecado”. E, tendo dito isso, adormeceu.
1 Pedro 4:12-13
12Amados, não se surpreendam com o fogo que surge entre vocês para prová-los, como se algo estranho estivesse acontecendo. 13Mas alegrem-se à medida que participam dos sofrimentos de Cristo, para que também, quando a sua glória for revelada, vocês exultem com grande alegria.
Romanos 8:17
17Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória.
2 Coríntios 1:5-6
5Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação. 6Se somos atribulados, é para consolação e salvação de vocês; se somos consolados, é para consolação de vocês, a qual dá paciência para suportarem os mesmos sofrimentos que nós estamos padecendo.

Assista o vídeo:

IMPACTANDO UMA GERAÇÃO – Plano de leitura elaborado por:
Pastor Paschoal Piragine Jr – Primeira Igreja Batista de Curitiba

A singularidade de Débora

Por Pastor Paschoal Piragine Jr

Débora foi uma mulher singular, numa época em que as mulheres não podiam falar, comer e até mesmo mostrar seu rosto em público. Aprendemos com Débora várias as marcas da graça de Deus. Como a sua intimidade com o Senhor, que não faz acepção de pessoas e se Revelava a elas.

Débora não tinha medo de se envolver com os problemas das pessoas. Ela era uma mulher que se preocupava e agia para ser bênção, possuía uma espiritualidade para ver a necessidade das pessoas, uma espiritualidade que a impulsionava a se envolver com estes problemas. Ela via e agia, mulher que Deus usava para orientar com sabedoria outras pessoas. Orava para que problemas fossem solucionados.

Talvez a grande questão na vida de Débora era como conciliar todos os papéis que ela tinha de desenvolver e ao mesmo tempo ser serva de Deus e estar sempre disponível para Ele.

Era capaz de ver as coisas com os olhos da fé, por causa da intimidade com Deus. Via o que outros não conseguiam ver, buscava aquilo que parecia ser contraditório a toda a esperança. Ela via a vitória de Deus. Sua presença, palavra e ações  levavam as pessoas a serem motivadas, a crerem, se disporem a servir, se mobilizarem a lutar em nome de Deus.

Deus tem feito a mulher com a capacidade de ser sensível, mas muitas vezes você tem subjugado a sua sensibilidade e não tem permitido que Deus a use como resposta e solução ao clamor do povo.

Você quer as qualidades de Débora em sua vida? Então desperta! Diga agora em uma oração que você quer Sua ajuda para isso.


Leitura do dia:

Juízes 4:1-9
1Depois da morte de Eúde, mais uma vez os israelitas fizeram o que o Senhor reprova. 2Assim o Senhor os entregou nas mãos de Jabim, rei de Canaã, que reinava em Hazor. O comandante do seu exército era Sísera, que habitava em Harosete-Hagoim. 3Os israelitas clamaram ao Senhor, porque Jabim, que tinha novecentos carros de ferro, os havia oprimido cruelmente durante vinte anos.
4Débora, uma profetisa, mulher de Lapidote, liderava Israel naquela época. 5Ela se sentava debaixo da tamareira de Débora, entre Ramá e Betel, nos montes de Efraim, e os israelitas a procuravam, para que ela decidisse as suas questões. 6Débora mandou chamar Baraque, filho de Abinoão, de Quedes, em Naftali, e lhe disse: “O Senhor, o Deus de Israel, ordena a você que reúna dez mil homens de Naftali e Zebulom e vá ao monte Tabor. 7Ele fará que Sísera, o comandante do exército de Jabim, vá atacá-lo, com seus carros de guerra e tropas, junto ao rio Quisom, e os entregará em suas mãos”.
8Baraque disse a ela: “Se você for comigo, irei; mas, se não for, não irei”.
9Respondeu Débora: “Está bem, irei com você. Mas saiba que, por causa do seu modo de agir, a honra não será sua; porque o Senhor entregará Sísera nas mãos de uma mulher”.

Assista o vídeo:

IMPACTANDO UMA GERAÇÃO – Plano de leitura elaborado por:
Pastor Paschoal Piragine Jr – Primeira Igreja Batista de Curitiba

Deus esta no controle (José)

Por Pastor Paschoal Piragine Jr

controleImpactar nossa geração não acontece sem que experimentemos coisas boas e ruins, sem sofrimento, sem que outros venham a nos ferir. O exemplo de José incentiva a buscar e manter saúde emocional, e para tanto crer que nada está fora do controle de Deus. Como impactar sua geração, humilhando-se debaixo da poderosa mão de Deus, refletindo as marcas de Jesus?

Não desistindo dos sonhos de Deus para sua vida. Deus nos criou com um propósito. Ele semeou um sonho em nós, mas determina os passos da nossa vida em direção a este alvo. Deus falou com José através de sonhos. José não menosprezou, mesmo quando a vida se tornou difícil, porque fazia parte do sentido de sua vida, de sua experiência com Deus. Os planos de Deus são construídos com lutas e circunstâncias pessoais, com persistência, não desista!

Conforme o exemplo de José, como lidar com as dores do nosso coração? Confie que Deus continua no controle, mesmo não vendo a mão de Deus em meio à dor, os seus planos são maiores do que os nossos. Deus já anteviu a grande fome no Egito. Ele pensou em José, sua família e em todo o povo do Egito e o mundo ao seu redor. O alcance da benção ultrapassa nosso entendimento.

Homens e mulheres usados por Deus persistem na fé e sabem que o Senhor está no controle. Não desistem dos sonhos do Pai, pois sabem que seus valores morais e emocionais serão testados.


Leituras do dia:

Gênesis 37:5-8
5Certa vez, José teve um sonho e, quando o contou a seus irmãos, eles passaram a odiá-lo ainda mais.
6“Ouçam o sonho que tive”, disse-lhes. 7“Estávamos amarrando os feixes de trigo no campo, quando o meu feixe se levantou e ficou em pé, e os seus feixes se ajuntaram ao redor do meu e se curvaram diante dele”.
8Seus irmãos lhe disseram: “Então você vai reinar sobre nós? Quer dizer que você vai nos governar?” E o odiaram ainda mais, por causa do sonho e do que tinha dito.

Gênesis 45:4-5
4“Cheguem mais perto”, disse José a seus irmãos. Quando eles se aproximaram, disse-lhes: “Eu sou José, seu irmão, aquele que vocês venderam ao Egito! 5Agora, não se aflijam nem se recriminem por terem me vendido para cá, pois foi para salvar vidas que Deus me enviou adiante de vocês.

Gênesis 45:8
8“Assim, não foram vocês que me mandaram para cá, mas sim o próprio Deus. Ele me tornou ministro do faraó, e me fez administrador de todo o palácio e governador de todo o Egito.

Salmos 105:17
17mas enviou um homem adiante deles,
José, que foi vendido como escravo.

Assista o vídeo:

IMPACTANDO UMA GERAÇÃO – Plano de leitura elaborado por:
Pastor Paschoal Piragine Jr – Primeira Igreja Batista de Curitiba

O chamado divino (Jeremias)

Por Pastor Paschoal Piragine Jr

chamado de DeusToda pessoa que tem consciência de sua missão, seu chamado de Deus aqui na terra, e que recebeu uma santa convocação para cumprir o plano de Deus em nossa geração, assim como ocorreu com Jeremias, sabe que deve ter algumas características importantes para a caminhada.

Peso ou Paixão: Quando deixamos de cumprir o propósito que Deus nos convocou para realizar, sentimos que algo arde dentro de nós e a única coisa que aplaca este sentimento é quando nos dispomos a servir ao Senhor, cumprindo o que Ele nos comissionou.

Dependência exclusiva de Deus: A missão não depende de pessoas ou instituições, pois se Deus nos chamou, vai ser Ele que nos capacitará independentemente do tamanho da obra ou dos obstáculos que o inimigo irá colocar. O Senhor é a nossa única garantia. Será que precisamos de outra mais?

Capacitação divina: A missão que recebemos não é nossa, mas de Deus, pois somos meros colaboradores nessa missão. Por isso, para que possamos cumprir o seu propósito precisamos nos revestir do poder e da autoridade que foi derramado em nós pelo Espírito Santo de Deus.

Fidelidade ao propósito: Deus está vigiando a missão que nos designou, pois ela não é nossa, mas dEle, e será feito do Seu jeito. Pois é o Seu propósito que deve ser cumprido. Seja fiel, você é só colaborador, Ele é o Senhor. Lembre-se que muitos servos de Deus se perdem quando o senso de autoridade ou de direito toma conta da sua alma, e ele perde a simplicidade de um servo que se submete ao Senhor.

Você já recebeu de Deus uma missão que até hoje por se achar incapaz ou com medo do tamanho dessa obra esteja resistindo?


Leituras do dia:

Atos 13:36

36“Tendo, pois, Davi servido ao propósito de Deus em sua geração, adormeceu, foi sepultado com os seus antepassados e seu corpo se decompôs.

Jeremias 1:4-12

4A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:
5“Antes de formá-lo no ventre eu o escolhi;
antes de você nascer, eu o separei
e o designei profeta às nações”.
6Mas eu disse: Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem.
7O Senhor, porém, me disse: “Não diga que é muito jovem. A todos a quem eu o enviar, você irá e dirá tudo o que eu ordenar a você. 8Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo”, diz o Senhor.
9O Senhor estendeu a mão, tocou a minha boca e disse-me: “Agora ponho em sua boca as minhas palavras. 10Veja! Eu hoje dou a você autoridade sobre nações e reinos, para arrancar, despedaçar, arruinar e destruir; para edificar e plantar”.
11E a palavra do Senhor veio a mim: “O que você vê, Jeremias?” Vejo o ramo de uma amendoeira, respondi.
12O Senhor me disse: “Você viu bem, pois estou vigiando para que a minha palavra se cumpra”.

Jeremias 20:9

9Mas, se eu digo: “Não o mencionarei
nem mais falarei em seu nome”,
é como se um fogo ardesse em meu coração,
um fogo dentro de mim.
Estou exausto tentando contê-lo;
já não posso mais!

Assista o vídeo:

Plano de leitura elaborado por Pastor Paschoal Piragine Jr - Primeira Igreja Batista de Curitiba